Categorias
Geral

Queda na produção de móveis no RS; recuo de 32,4% em abril

O relatório ‘Conjuntura e comércio externo do setor de móveis no Brasil,’ com dados de abril e maio, encomendado pela Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs) e produzido pelo IEMI – Inteligência de Mercado, demonstra que a produção de móveis no Rio Grande do Sul, no mês de abril, foi de 2,7 milhões de peças, um recuo de 32,4% em relação ao mês anterior. No acumulado no ano, comparado com o mesmo período do ano anterior, a produção moveleira no Estado apresentou queda de 27,0%.

Exportações

Enquanto em abril as exportações recuaram 45,0% somando US$ 7,6 milhões, no mês de maio houve um aumento de 27,6%, somando US$ 9,7 milhões. Com isso, o saldo da balança comercial em maio ficou positivo em US$ 9,6 milhões.

Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo foram os principais estados exportadores de móveis no mês de maio e, juntos, foram responsáveis por 81,4% dos valores exportados. Paraná ficou logo em seguida com 14,5% dos valores que foram exportados no período.

Quanto aos países de destino das exportações de móveis do Rio Grande do Sul, o Uruguai apareceu em primeiro lugar com 15,8% dos valores exportados em maio, seguido pelos Estados Unidos com 14,5% e Peru com 13,8%. Destaca-se também o crescimento das exportações para Bolívia e França em maio de 2020 em relação ao mês anterior.

Consumo aparente

O consumo aparente de móveis apenas no Rio Grande do Sul registrou volume de 2,1 milhões de peças em abril, queda de 33,3% em relação ao consumo que foi registrado no mês anterior. Na variação acumulada no ano houve queda de 29,5% no consumo aparente do estado.